Química na Cabeça

05/08/2014 09:30

LAURIL ÉTER SULFATO DE SÓDIO

O que é
Aparece no rótulo como "sodium laureth sulfate". É um detergente presente na maioria dos xampus e tem a função de limpar e fazer espuma

O que dizem os adeptos do "no poo"
Resseca o cabelo

O que dizem os especialistas
No xampu, há "repositores de gordura", como a lanolina, que neutralizam o efeito do lauril éter. Mas o composto pode ser irritante para algumas pessoas. Por isso, muitos xampus de bebê não têm o ingrediente

PETROLATOS

O que é
Derivados de petróleo, como óleo mineral. São usados em condicionadores para "blindar" o fio de agressões externas e conferir mais brilho ao cabelo

O que dizem os adeptos do "no poo"
As substâncias se acumulam no cabelo com o tempo, deixando-os sem brilho

O que dizem os especialistas
A propensão à alergia é menor e o composto não penetra no fio. Mas podem obstruir os poros do couro cabeludo. Ativos de origem vegetal como óleo de macadâmia e manteiga de karitê são mais benéficos

SILICONES

O que é
Derivados de pedras de quartzo, muitos apenas dão brilho. São usados tanto em xampus como em condicionadores. Há muitos tipos, entre eles o "dimethicone"

O que dizem os adeptos do "no poo"
O composto fica impregnado nos cabelos, deixando-os "pesados" e sem brilho

O que dizem os especialistas
Eles até se acumulam nos fios, mas, ao invés de danificá-los, criam um filme de proteção. Porém, produtos com maiores quantidades de silicone podem não ser bons para cabelos normais e oleosos

PARABENOS

O que é
Substâncias conservantes usadas para impedir a proliferação de micro-organismos. Aparecem com o nome de methylparaben, butylparaben e proprylparaben

O que dizem os adeptos do "no poo"
As substâncias são tóxicas

O que dizem os especialistas
Estudos já encontraram relação da substância com alterações no sistema hormonal. A Anvisa estabelece um limite para o uso seguro de parabenos e já existem muitos produtos sem as substâncias no mercado

O QUE TEM NO FRASCO DE XAMPU

- Detergentes que limpam e fazem espuma

- Corantes e aditivos de efeito visual (para deixar o xampu "perolado")

- Condicionantes para melhorar o aspecto visual e tátil do cabelo

- Espessantes que facilitam a aplicação do produto

- Fragrância e conservantes

 

Fonte: Folha de São Paulo 04/03/2014. Disponível em: http://www1.folha.uol.com.br/fsp/equilibrio/154799-quimica-na-cabeca.shtml

—————

Voltar


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!